Resultados para 'Tanatologia e Psicologia da Morte'

Vida e Morte: entrevista sobre os temas da palestra.

  Caveira Luminosa     Vida e Morte: entrevista sobre os temas da palestra.

Em 11 de agosto de 2015, a convite do PROEPER foi proferida a referida palestra na Capela Ecumênica da UERJ. Dias após, o professor Celso Lugão concedeu uma entrevista para um grupo religioso (GR) que assistiu ao evento. Segue o registro de toda esta atividade. (Foram três palestrantes, sendo que cada um teve uns vinte minutos para expor argumentos, sendo o título do evento Vida e morte – Fim ou continuidade?).

 

 

 

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Sobre traumas, personalidade borderline e a dinâmica do psiquismo

fantasy eye Sobre traumas, personalidade “borderline” e a dinâmica do psiquismo

Entrevistadora:  Professor, o senhor poderia explanar sobre o efeito dos traumas?

Prof. Celso Lugão: Bem, sempre que alguém é ameaçado, determinados processos entram em ação. A combinação de vários fatores, como a idade, o tipo de trauma, de ameaça, etc., com estes processos dá uma configuração particular a cada caso.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Uma crítica sobre os filmes e a apologia da maconha by Carolina Lago Obadia

Lago biscoito Antes de ir ao relevante tema desta monografia, apreciaria falar de Carolina Lago, Caró, que gera associações em meu cérebro como Caró Cora Coralina Lago… Ex aluna na UERJ, psicóloga e poetisa, maravilha de combinação, inteligente, pessoa especial, importante para esta humanidade, para este Brasil em tempos tão sombrios. Poetisa incrível, tem uma sensibilidade e um carinho para com o próximo e para com as palavras. Seus versos são fantásticos. Explora a palavra com zelo, com um humor e um respeito que contagiam o ouvinte, causam experiências estéticas gerando reflexões, mudando percepções e tudo isto com muita elegância.

Tive a oportunidade especial de ouvir vários… E, por ser capaz, competente, sensível e generosa isto permite-lhe exercer uma “doma” espontânea sobre as letras vivas dentro das palavras que cavalgam graciosamente surpreendendo com novas configurações e deliciando os ouvidos.

Carol, resolvi extrair algumas ilustrações de teu Facebook, e posto logo esta de Cora Coralina para te definir melhor, para quem não te conhece, segue o poema

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Conversas de um ateu com Deus sobre o paradoxo altruístico

DSC09364 Conversas de um ateu com Deus sobre o paradoxo altruístico
Em 02 de agosto de 2014
Copyright by Professor Celso Lugão da Veiga.

Ateu: “Olá Deus, como estás?”
Deus: “Olá, meu querido, estou bem, obrigado.
E você? O que me conta de novo?”

“Sempre novas coisas… Certa vez fui atender a uma família, na qual o filho tinha tentado esfaquear o pai para entrar no quarto e pegar dinheiro para usar drogas; desnecessário perguntar se te lembras disto porque tens fama de ser onisciente, rs.”

“Bem, onisciente sim, mas… Nem sempre dá para chegar junto, são 13,8 bilhões de anos e uma extensão inimaginável de mundos para prestar atenção.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Do que se trata fazer psicoterapia… Um show de atuação!

       DSC07701    Do que se trata fazer psicoterapia… Um show de atuação!

E a importância da Rede de Modo Padrão para se entender o cérebro.

No dia 09 de novembro de 2011, às 23:54h recebi por e-mail o relato de um caso clínico e a atuação da terapeuta, minha amiga, que estava exultante (com toda a razão como poderão ler) e compartilhando seus sentimentos.

 A troca de alguns e-mails entre amigos e profissionais, creio, deve ser publicada pois ao ser compartilhada permite análises por prismas científicos de vários ângulos, por exemplo, aproveito para abordar a importância da DMN (Default Mode Network), da psicoterapia estratégica e para fazer reflexões sobre ciência e religião e hipnose.

Segue o caso narrado pela competente e querida amiga Nelsinéa, Néia, a quem chamo, já faz tempo, carinhosa e respeitosamente, e com uma boa dose de humor… Condessa. (A permissão para a publicação é mais um gesto generoso. Obrigado.)

 Desde ontem estou realizada pelos resultados de uma intervenção psicoterápica… Um menino de 3 anos teve uma desidratação braba e foi internado, com infecção intestinal. Fizeram todos os procedimentos e 3 dias depois de  internado,

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Tributo ao Dr. David Servan-Schreiber

 David rindo  O Dr. David Servan-Schreiber é aquele sobre o qual se poderia dizer: “Foi um grande sujeito”.

Em 1992, quando o participante de uma pesquisa não apareceu para um exame agendado de ressonância magnética no seu laboratório da Universidade de Pittsburgh (EUA), o doutor, considerando-se menos preparado que seus dois outros colegas para lidar com a máquina de ressonância magnética, tomou o lugar no aparelho e o exame mostrou um tumor cerebral (agressivo) do tamanho de uma noz. Foi uma notícia terrível e prá lá de inesperada.  Em seu livro há a narrativa de todo o calvário pelo qual ele passou, e isto é uma reação universal, ou seja, tais notícias sempre geram um impacto enorme na pessoa e em seu círculo próximo. Portanto, é preciso coragem para admitir e para suportar e pedir ajuda.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Sobre elefantes voadores e drogas

dumbo2O vício repousa em uma dissociação, ou seja, conscientemente você sabe que fumar faz muito mal, dá câncer, etc., entretanto a pessoa fuma. Isto acontece além do controle do córtex. A pessoa diz ser capaz de parar a hora que quiser, mas não para. Garante que tem liberdade, mas não tem escolha para dizer não, logo não tem liberdade.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Textos básicos para crise em casos de suicídio

images-aTextos básicos para crise em casos de suicídio.

 (New – Vide Manual da OMS p/ prevenção – Genebra)

Veja também: posição do terapeuta e algoritmo.

 Prof. Celso Lugão da Veiga (Em 07 de outubro de 2007).

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Gaijin II, Metamorfose e Psicoterapia

dsc01239 Gaijin II, Metamorfose e Psicoterapia

 

Prof. Celso Lugão da Veiga¹

 

 O filme de Tizuka Yamasaki ², Gaijin II – Ama-me como sou, e Metamorfose – estágios de uma vida, a autobiografia de David Suzuki ³ suscitam a questão fundamental da psicoterapia: até que ponto a mudança da personalidade é possível ?

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Tanatologia e Psicologia da Morte

Rio de Janeiro, 16/11/2003.

Tanatologia e Psicologia da Morte by Celso Lugãoescala_0114  

  A psicologia da morte é um ramo da tanatologia , saber este desenvolvido

inicialmente por Elisabeth Kübler-Ross, que trata justamente das questões

relativas aos seres vivos que clinicamente e existencialmente têm que lidar c/

os assuntos acima demarcados,seja porque estão morrendo ou doentes, seja

porque perderam  ou estão perdendo um ente querido . Enfim, o psicólogo usará suas abordagens e técnicas p/ auxiliar as pessoas nas dimensões específicas em que estão imersas.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter