Tag Archives: Richard Feynman

Einstein tornou-se célebre pela Teoria da Relatividade, e não pela Teoria da Arbitrariedade: Uma entrevista sobre o X Congresso de Hipnose.

EinsteinEinstein tornou-se célebre pela Teoria da Relatividade, e não pela Teoria da Arbitrariedade: Uma entrevista sobre o X Congresso de Hipnose.

Professor Lugão, poderia comentar duas perguntas?

(Grupo de alunos que estiveram presentes no X Congresso de Hipnose)

Quais foram as vossas impressões sobre o Congresso de Hipnose recentemente ocorrido na UERJ?

A atual crise da ciência apontada pelo movimento Pós-Moderno é preocupante?

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

Tributo a Richard Feynman

imagesTributo a Richard Feynman
Após ler mais três obras sobre Richard Feynman fiquei mais fascinado ainda por este grande cientista. Tanto o seu lado humano quanto a sua incrível capacidade científica, avaliada naturalmente por suas contribuições à ciência, são admiráveis.
A leitura destas obras… Está a brincar Sr. Feynman, Nem sempre a brincar, Sr. Feynman (ambos da editora Gradiva, daí o portugues de Portugal, como no caso da nave espacial Challenger, chamada de Vaivem) e O arco-íris de Feynman (ed. Sextante, escrito por L. Mlodinow, seu colega no Caltech), permite apreciar momentos de alta sensibilidade, alguns trágicos inclusive, como todo o processo da morte de sua mulher, até momentos hilários e outros geniais.
Estas obras podem dar uma imensa contribuição a formação do caráter dos jovens pretendentes a uma carreira científica (por exemplo, a metáfora do jogo de xadrez dos deuses, no vídeo 3/4), mas não apenas isto… As palavras de Richard Feynman são um guia, no mais das vezes divertido, para se levar uma vida saudável evitando ao máximo colocar bobagens no seu sanduíche. (Esta era uma brincadeira entre ele e Leonard Susskind; caro leitor você a entenderá quando assistir ao primeiro vídeo).
Na verdade, resolvi extrair do YouTube uma série de vídeos em que o próprio Richard Feynman explana várias questões, desde a sua participação no projeto da bomba atômica (vídeo 2/4) , revelando o drama e os paradoxos desta vivência, até questões específicas… Em particular quando o repórter faz uma pergunta (vídeo 4/12) e R. Feynman o questiona sobre a própria pergunta feita… “O que vc quer saber?”. É um show sobre formular questões de maneira a se saber aonde se quer chegar. O uso do por que, ao invés do como. Na área da Programação Neurolinguística, R. Bandler e J. Grinder, explicaram a importância de se saber definir um objetivo, ou seja, se você plantar abacaxi pensando em colher banana estará usando as sementes erradas. Desta forma, psicólogos, físicos e outros interessados poderão apreciar um acervo de conhecimento vendo e ouvindo este físico raciocinar e questionar sobre inúmeros temas.
rindo“O primeiro princípio é: você não deve enganar a si mesmo – e você é a pessoa mais fácil de ser enganada”. Richard Feynman (1918 – 1988), Discurso na Caltech, formatura de 1974.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter